Importação de produtos italianos ganha espaço no mercado brasileiro

Tempo de Leitura: 2 minutos

Os alimentos ocupam um importante espaço na importação de produtos italianos, ganhando a preferência de milhares de brasileiros que admiram as delícias produzidas nesse país.

Para se ter ideia, segundo o site Segredos do Mundo, o prato preferido dos brasileiros é a lasanha, trazido pelos imigrantes vindos da Itália no final do século XIX e início do XX, conquistando a preferência nacional, com destaque para as regiões sudeste e sul do Brasil.

Como se observa, a ligação entre os dois países é grande e a importação de produtos italianos continua fazendo enorme sucesso em nosso país.

Neste post, apresentaremos detalhes a esse respeito e quais as perspectivas desse mercado para os próximos anos. Continue lendo e confira!

Importação de produtos italianos: quais são os mais comprados pelo Brasil?

A importação de produtos italianos vai além dos alimentos, pois também adquirimos daquele país:

  • peças e acessórios de veículos,
  • produtos farmacêuticos,
  • medicamentos,
  • produtos industrializados,
  • motores.

Com relação aos alimentos, as importações no ano de 2022 fecharam em US$ 278 milhões, o que significa um crescimento de 16,7% se comparado ao ano anterior.

Essas informações foram fornecidas pela Italian Trade Agency, uma agência do governo daquele país que também sinaliza que, dos negócios realizados no primeiro trimestre de 2023, as compras brasileiras alcançaram US$ 97,4 milhões, um aumento de 30,8% se comparada ao mesmo período de 2022.

Dentre os alimentos campeões de vendas, são destaques:

  • massas,
  • vinhos,
  • produtos finos.

Como é o histórico da relação mercadológica entre Brasil e Itália?

Brasil e Itália, no ano de 2007, assinaram um acordo de parceria estratégica.

No ano de 2010 entrou em vigor um plano de ação onde se destacavam 16 áreas de cooperação entre os países.

Com base nos dados da balança comercial de 2022, a Itália é o 15º destino dos nossos produtos e ocupa a 7ª posição do ranking de países nos quais realizamos importações.

Os negócios em 2022 movimentaram US$ 4,9 bilhões em exportações e compras que atingiram US$ 5,5 bilhões, um volume bastante significativo que demonstra o bom relacionamento existente entre as nações.

Quais as perspectivas para a importação de produtos italianos nos próximos anos?

No dia 21 de junho de 2023, reuniram-se em Roma os chefes de Estado do Brasil e da Itália.

Nessa oportunidade, os presidente Luís Inácio Lula da Silva e Sergio Mattarella discutiram a ampliação do comércio exterior e intercâmbio cultural entre os dois países.

Além disso, um acordo comercial que está sendo negociado entre o Mercosul e a União Europeia também foi tema da pauta, quando o presidente brasileiro deixou claro o seu desejo de que o assunto tenha o seu desfecho até o final deste ano.

A aproximação ainda maior do Brasil e Itália, e um acordo comercial com a União Europeia, tende a fortalecer os negócios entre os dois países, o que acaba apresentando grandes oportunidades para empreendedores que desejam desenvolver bons negócios envolvendo a importação de produtos italianos.

Agora que você conhece mais sobre esse assunto, leia nosso post que apresenta detalhes sobre os tributos aplicados na importação marítima!

Fontes:

https://www.gov.br/produtividade-e-comercio-exterior/pt-br/assuntos/comercio-exterior/estatisticas

https://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2023-06/lula-e-recebido-pelo-presidente-da-italia

Posts Recentes

Outras Postagens

Pular para o conteúdo