Container NOR na importação: o que é, para que serve e suas vantagens

Tempo de Leitura: 3 minutos

O container NOR é uma possibilidade interessante que pode e deve ser utilizada pelos importadores.

Para compreendermos a respeito, é importante entendermos alguns aspectos ligados aos negócios internacionais envolvendo o Brasil.

Nosso país é um grande exportador de produtos que necessitam ser acondicionados em contêineres refrigerados durante as viagens, pois somos fornecedores de:

  • carne bovina,
  • carne suína,
  • frangos,
  • frutas, etc.

Em compensação, os produtos adquiridos no exterior na sua grande maioria são manufaturados e de cargas secas, situação que possibilita o uso de contêineres comuns, ou seja, sem a estrutura de refrigeração.

Isso significa que entram muitos equipamentos de transportes comuns e saem em grande quantidade os conhecidos contêineres reefers. Nesse caso, possuidores de equipamentos desenvolvidos para a manutenção dos produtos em temperaturas controladas. 

Como resultado, um sério problema logístico para todos.

Neste post, apresentaremos as vantagens em fazer importações utilizando o container NOR, uma forma inteligente e mais econômica de trazer produtos para o Brasil e colaborar com a logística de transporte internacional. 

Continue lendo e saiba mais a respeito!

O que é o container NOR?

O container NOR nada mais é do que um equipamento para o transporte de carga que possui a estrutura de refrigeração, no entanto, viajando desligado e possibilitando que materiais secos possam ser transportados.

A sigla NOR vem do inglês “non-operating reefer”, ou seja, refrigeração não operacional.

Essas estruturas, na maioria das vezes, retornam ao Brasil vazias, pois precisam estar à disposição dos exportadores que necessitam de equipamentos refrigerados para realizar novas remessas.

Por que não utilizá-los para trazer materiais secos, atendendo o transporte de mercadorias que entram no país? Para isso, basta simplesmente não acionar esse sistema.

Apesar disso, ele não é indicado para transporte de produto têxtil ou sensível a odor. Embora os containers recebam uma lavagem após sua utilização, pode ficar algum cheiro remanescente e assim estragar o produto importado.

Para quais tipos de transporte esses contêineres servem?

Para se ter ideia da movimentação dos portos no Brasil, no ano de 2022, segundo a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), foram movimentados mais de 1,2 bilhão de toneladas de produtos através desse modal.

Grande parte desses produtos utiliza contêineres como ferramenta de acondicionamento e transporte, garantindo segurança, rapidez e facilitando as operações logísticas portuárias.

O container NOR, como já mencionado, é uma maneira inteligente de possibilitar que essas ferramentas essenciais ao transporte de produtos que necessitam de refrigeração façam o seu retorno ao Brasil, trazendo cargas secas e que não precisam do controle da temperatura, diminuindo custos e resolvendo um sério problema logístico.

Aqui vale um lembrete: o reefer é um equipamento mais sensível, portanto, o manuseio de estufagem desse deve ser feito com bastante cuidado e bem apeado para evitar movimentação interna da mercadoria, que pode danificar o container. 

Por ter um assoalho diferenciado e paredes com isolamento, cargas pesadas ou mal acondicionadas podem danificar o interior do equipamento e o custo para reparo pode ser bem alto.

As vantagens de optar pelo container NOR

Utilizar o container NOR é perfeitamente possível e pode ser priorizado pelos importadores brasileiros, uma vez que apresenta dois excelentes benefícios, tanto para os empreendimentos quanto para o país:

Menor custo de frete

A primeira grande vantagem em utilizar o container NOR para o transporte das importações está na diminuição do custo do frete.

Em determinadas épocas do ano, esse valor representa uma economia que pode chegar a 40%, o que significa um diferencial competitivo e uma excelente oportunidade à disposição.

Menor custo operacional

Outro resultado na utilização desse equipamento diz respeito a um menor custo operacional, ou seja, esses contêineres voltam carregados, o que acaba refletindo em uma menor movimentação e melhor aproveitamento dos recursos dos portos.

A consequência dessa ação é que não existem equipamentos viajando vazios, situação que acaba se refletindo na diminuição dos preços dos fretes para todos os envolvidos e colaborando efetivamente na logística internacional.

Como se observa, o uso de container NOR nos processos de importação é uma excelente opção que sua empresa pode adotar.

Caso você queira saber mais a esse respeito ou tenha interesse em realizar uma cotação, entre em contato conosco. Estamos prontos para atender a sua demanda!

Fontes:

https://www.gov.br/mdic/pt-br

https://www.gov.br/produtividade-e-comercio-exterior/pt-br/assuntos/comercio-exterior/estatisticas

Posts Recentes

Outras Postagens

Pular para o conteúdo