Exportação de amendoim: dicas do que você precisa saber

Tempo de Leitura: 2 minutos

A exportação de amendoim ganha força e passa a ser vista como uma ótima oportunidade pelos produtores e empreendedores brasileiros.

De acordo com um artigo publicado pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), estima-se que o amendoim seja uma planta originária da América do Sul, descoberta pelos colonizadores entre os vales do Rio Paraná e Paraguai.

Segundo o artigo, os indígenas encontrados nessas regiões nos séculos XVI consumiam esse produto de forma regular.

O curioso é que esse grão caiu no gosto dos consumidores em todo o mundo e hoje faz parte do cardápio de milhões de pessoas em muitos países.

Neste post, apresentaremos detalhes a respeito da exportação de amendoim, uma excelente oportunidade que ganha cada vez mais força no Brasil. Continue lendo e confira!

A exportação de amendoim

A exportação de amendoim atinge 70% da produção desse grão no Brasil, segundo dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Nossa produção cresceu 115% nos últimos 8 anos, superando 745 mil toneladas no ciclo 2021/2022.

Os maiores compradores do produto brasileiro são:

  • Holanda,
  • Polônia,
  • Austrália,
  • Itália,
  • Rússia,
  • Ucrânia,
  • Reino Unido.

Atento ao mercado árabe, empresas brasileiras participaram recentemente da Gulfood 2023, uma feira internacional que acontece todos os anos em Dubai (Emirados Árabes Unidos) e que abriu portas para produtos alimentícios do nosso país.

Com a participação de expositores e compradores de mais de 100 países, a feira se destaca como uma grande oportunidade de negócios, inclusive junto a União Europeia, um importante cliente do amendoim brasileiro.

Incentivo a exportação de amendoim na Europa

Uma das melhores notícias, vinda da União Europeia neste início de ano, diz respeito ao cancelamento da exigência da certificação original do amendoim brasileiro por parte dos países do bloco europeu.

Essa exigência ocorria em função das possíveis contaminações com aflatoxinas, substância prejudicial à saúde produzidas pelos fungos.

A retirada dessa exigência se deu após o acompanhamento das autoridades europeias com relação ao amendoim brasileiro no ano de 2022, quando se concluiu que os controles efetuados pelos produtores do Brasil e a auditoria realizada pelo Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) garantem a qualidade e segurança do produto.

Essa excelente notícia facilita e estimula a exportação de amendoim, pois os processos tornam-se mais simples e fáceis de serem conduzidos.

No ano de 2022, a União Europeia recebeu 70 mil toneladas desse produto e as expectativas para os próximos anos são ainda mais positivas.

Como exportar amendoim?

A exportação de amendoim pode ser realizada in natura, servindo de matéria-prima para bolos, doces e sorvetes, como também através de alimentos:

  • beneficiados,
  • blancheados,
  • drageados,
  • torrados,
  • como óleo bruto.

O primeiro passo para ter sucesso nessa operação é o registro da empresa produtora junto ao Mapa, garantindo credibilidade aos produtos em função da fiscalização periódica realizada por técnicos desse ministério.

A partir desse registro, será necessário atender as normas e diretrizes estabelecidas pelo órgão, pois tratativas para a exportação desse grão vêm sendo conduzidas pelas autoridades junto a diversos países, como China e Geórgia.

Também se aguarda o retorno das negociações junto a Rússia e Ucrânia, países que já compram o amendoim brasileiro, mas, em função da guerra, paralisaram a entrada dos produtos.

Por fim, é preciso contar com um parceiro logístico que possa efetivamente contribuir com as operações internacionais, garantindo qualidade, comprometimento e responsabilidade.

A RENTALOG, desde 2012, oferece soluções diferenciadas e adequadas para cada cliente, contando com profissionais especializados nos mais diversos segmentos, inclusive no que se refere a exportação de amendoim.

Para saber mais a respeito, conte conosco e saiba de que maneira podemos contribuir para garantir o sucesso logístico em sua operação!

Posts Recentes

Outras Postagens

Pular para o conteúdo